Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário
Imagem

Licenciatura em Gastronomia inicia este ano na ESEC

Terça, 26 Julho, 2016

Licenciatura em Gastronomia inicia este ano na ESEC

20 vagas para licenciatura única a nível nacional

A licenciatura em Gastronomia é única no país e pretende dar resposta a uma nova necessidade formativa no ensino superior resultante das exigências socioeconómicas atuais, num mercado cada vez mais exigente e competitivo na oferta de recursos endógenos que salientem a identidade cultural e geográfica do espaço territorial.

Esta licenciatura resulta de uma parceria entre a Escola Superior de Educação, as Escolas Superiores Agrária, Tecnologia e Gestão e de Tecnologias da Saúde, todas do Politécnico de Coimbra e a Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, do Turismo de Portugal.

O Presidente da ESEC, Rui Mendes, congratula-se com a realização desta formação na ESEC, que “constitui uma oferta única em Portugal e é um exemplo de boas práticas de combinação de sinergias de várias instituições de ensino para a sua concretização. A proposta partiu da ESEC em parceria com a Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra (EHTC) e associaram-se por convite a ESAC, a ESTESC e a ESTGOH”. Para o Presidente da ESEC “este é um modelo que a tutela deveria olhar com maior atenção, podendo ser implementado em outras instituições de ensino”.

A Diretora da EHTC, Ana Paula Pais, manifestou a sua satisfação com o início do curso no próximo ano letivo referindo que “nós [a Escola e o Turismo de Portugal] estamos muito orgulhosos e felizes por fazer parte desta licenciatura”. “O Sector do Turismo e a investigação de suporte a esta área, podem agora realizar um trabalho pioneiro e fazer a diferença neste setor. Temos produtos de qualidade que não estão suficientemente estudados como suporte à nossa gastronomia pelo que constitui também uma oportunidade para afirmação do Turismo” refere Ana Paula Pais. A Gastronomia é dos aspetos mais relevantes na expressão da satisfação dos turistas quando visitam o nosso país, mas é vista como “um complemento turístico” e queremos que passe também a ser entendida como “produto turístico” acrescentou.

Esta licenciatura pretende formar profissionais capazes de dar resposta às constantes mudanças no comportamento do consumidor, dotando-os de pensamento estratégico ao nível da organização e gestão de produtos gastronómicos, com ênfase na sustentabilidade, criatividade e tradição. As expetativas de empregabilidade dos futuros profissionais diplomados em Gastronomia são elevadas uma vez que esta se integra num setor de forte empregabilidade. O perfil do licenciado em Gastronomia irá evidenciar-se pela qualidade da formação. “Vamos entregar ao mercado novos profissionais que possam fazer a diferença, acrescentar valor e criar novos negócios, introduzindo inovação e criatividade na nossa gastronomia tradicional “ afirmou Ana Paula Pais.

Rui Mendes refere ainda que se perspetiva que com esta formação de 1º ciclo possa vir a existir formação pós-graduada nesta área, permitindo aos diplomados dar continuidade à sua formação.

‹ Voltar